Pontal: extensa (6km), com ondas fortes, areia fina e branca com coqueiros. Evitar o lado em frente a Praia da Coroa, que é poluido. O acesso e por canoa (5`). Barcos saem para a Praia do Pontal, atravessando o Rio de Contas.

Concha: urbana, com recifes, areia clara e batida. Sem ondas. Tem ruínas de um farol e um pier de pescadores.

Resende: coqueiros, areia branca e solta. Boa para surfe.

Tiririca: possui ondas fortes boas para surfe, areia branca e solta, coqueiros e morros.

Costa: pequena (500 m), com ondas fortes, coqueiros e areia branca e solta.

Ribeira: tem recifes, mar calmo, areia escura e batida. O Riacho do Ribeira forma uma piscina. Estacionamento, sanitários e barraquinhas.

Prainha: deserta, com acesso por trilha a partir da Praia da Ribeira

São José: acesso por trilha a partir da Prainha. Ondas fortes para surfe.

Jeribucacu: fica numa região de mangues. Deserta, e cortada por um rio de aguas claras, muito bonito.

Coroinha: não é praia para se curtir, serve para pesca e quando a maré está baixa para jogar futebol. A praia tem vida a noite, que é cheia de bares com música ao vivo.

Siriaco: é a mais escondida de Itacaré, para chegar a ela é necessário atravessar uma trilha a pé, de 15 minutos, que sai da praia da Ribeira. Tem pouca areia e muita pedra.

Engenhoca: é muito frequentada por surfistas por ter boas ondas. É deserta e cercada pela Mata Atlântica, para chegar a ela é preciso atravessar uma trilha que passa por área particular, ela começa no km12 da BA-001, são 20 minutos de caminhada.

Havaizinho: fica na metade do caminho para Engenhoca. Também é cercada por coqueiros e tem ondas fortes; é composta por pequenas enseadas separadas por recifes.

Itacarezinho: também conhecida por Camboinha, a praia é enorme, com 3,5km. Boa para o surfe, é ponto de desova das tartarugas.

Serra Grande: são várias praias virgens que se extendem por quilômetros, todas com beleza exuberante.

Fuente: melhorespraias.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deja un comentario